Exercícios para se livrar da sensibilidade ao frio

0
479
frio
A young athletic woman doing situps in a park. She is listening to music over headphones.

 

A falta de exercício físico pode ser uma das causas da baixa temperatura corporal. 

O músculo produz entre 35% a 40% do calor corporal. Na falta de exercícios físicos, a massa muscular para geração de calor tende a diminuir. Os músculos e a corrente sanguínea tem uma relação profunda. Se a pessoa não pratica exercícios físicos o metabolismo diminui e consequentemente a circulação sanguínea piora, causando sensibilidade excessiva ao frio. 

Então, como podemos melhorar a circulação sanguínea? 

O “fluxo de sangue” não é tarefa exclusiva do coração. O coração funciona como uma bomba, que distribui o sangue até a extremidade dos membros, mas não consegue fazer o trabalho reverso de devolvê-lo até o coração. É a força do músculo que empurra o sangue de volta. O movimento dos músculos faz dilatar ou contrair o vaso sanguíneo para empurrar o sangue de volta. Esse movimento é chamado de bomba muscular. 

Especialmente, quando o músculo das pernas é bastante movimentado, o efeito do retorno do sangue torna-se mais forte. É por isso que as pernas são consideradas nosso “segundo coração”. 

 

Os músculos da perna diminuem com a falta de exercícios físicos, causando a má circulação sanguínea da parte inferior do corpo, principalmente nos membros inferiores. Uma das causas da sensibilidade excessiva à temperatura fria que as mulheres tem em comparação aos homens seria pelo fraco bombeamento para empurrar o sangue de volta ao coração. 

Falta de exercício e má circulação sanguínea são equivalentes. O músculo é que gera a temperatura corporal. Para evitar a baixa temperatura corporal procure exercitar os músculos e melhorar o fluxo sanguíneo para que o sangue carregue a energia térmica para todo o corpo. 

 

A importância da transpiração 

As razões pelas quais os exercícios fisicos são benéficos para o tratamento da baixa temperatura corporal são porque o fluxo de sangue melhora, melhorando também o metabolismo, e a transpiração ativa as glândulas sudoríparas promovendo a funcionalidade da pele que comanda o sistema imunológico e as funções do nervo autônomo são ativadas pela estimulação do músculo. 

 

Quando se transpira bastante, a temperatura corporal é devidamente ajustada e a condição do nervo autônomo se recupera. Assim, o vaso sanguíneo se contrai e adequa-se para a noite numa temperatura corporal apropriada para o sono. 

A transpiração é vital para nossa sobrevivência. Não apenas para o ajuste da temperatura corporal, bem como para a excreção de resíduos, excesso de sal e metais pesados nocivos através do suor pela pele. 

  

Não são necessários exercícios pesados para induzir a transpiração. Mesmo os exercícios leves, com apenas uma hora, são eficazes para suar 200g de suor. Até um simples alongamento ou exercício leve dentro de casa são suficientes. 

É também importante estimular os músculos das pernas por meio de caminhadas e exercícios  de alongamento pois é a força dos músculos da perna que transportam  líquidos e sangue. Movendo os músculos da perna, a função de bombeamento do músculo se ativa e facilita o fluxo do sangue que fica bloqueado na parte inferior do corpo. 

Se você fica horas sentado no escritório, a circulação sanguínea fica estagnada. Procure levantar da mesa, se mover ou caminhar por uns minutos pelo menos uma vez a cada hora. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.